Reflexão


"Já não é a mesma hora, nem a mesma gente, nem nada igual. Ser real é isto" - Alberto Caeiro

"A imaginação é a rainha do real e o possível é uma das províncias do real" - Charles Baudelaire

Tuesday, November 15, 2011

Comentários: Redução de Juros e Mídia

Redução de Juros.

O governo brasileiro, através do Banco Central, agiu de forma correta ao facilitar o crédito ao consumidor. A ação se deu com a redução dos juros (taxa real), que no país é algo crucial, pois pagamos uma das maiores taxas do mundo. Com juros em declínio haverá uma maior circulação de bens, aumento a estrutura produtiva, não permitindo dessa forma a desindustrialização. O governo deveria aproveitar para fazer mais três ações: a) Aumentar a fiscalização e tributação sobre as grandes fortunas do país; b) Fazer uma renúncia fiscal sobre os impostos ligados ao transporte público, em vez de privilegiar o transporte individual e c) reduzir os impostos sobre os remédios entre outros produtos.

Fonte: Folha de São Paulo.


Corrupção e Mídia

A mídia brasileira vem agindo de forma correta em expor possíveis casos de corrupção contra alguns ministros do governo Dilma. É papel de mídia averiguar e denunciar qualquer falta de compromisso de servidores públicos com a sociedade que lhe paga o salário, entre outros benefícios legais. Todavia, o que fica evidente é o viés ideológico dessas mídias. Ao focar no governo federal, os meios de comunicação escamoteiam os desvios de dinheiro público de outros estados. Um exemplo é São Paulo, que atualmente vive um dos seus maiores escândalos, conhecido como máfia da merenda. O caso é colossal, até o momento 34 municípios estão envolvidos. Há políticos, funcionários públicos, empresários e (supostamente) amigos e/ou parentes ligados ao atual governador envolvidos. Essa leniência com o governo de São Paulo demonstra o quanto os meios de comunicação estão mais preocupados com a queda de um grupo político do que com fim do atroz mal que rodeia nossa política: a corrupção estrutural.

5 comments: